PROJETO SEM TRAUMA

Esporte e recreação representam 10% das causas de Traumatismo Crânio Encefálico por ano no Brasil..

O número de aproximadamente 100 mil pessoas correspondem as vítimas fatais deste tipo de acidente. Outras aproximadamente 70 mil pessoas perdem alguma função neurológica. 

Brincar na vida, não é brincar com a vida!
Este movimento nasceu pela perda de meu filho, na idade de 22 anos. Um jovem com ideias brilhantes, com uma vida promissora e feliz pela frente. A tristeza pela partida de Michael nos uniu, mas o inconformismo nos moveu. O número é expressivamente alto.

O Estado ainda não se manifestou. São muitas as campanhas pelo país e nós somos mais um elo para aumentar esta ação de iniciativa civil, para conscientizar a TODOS: pais, crianças, jovens e adultos, de todas as camadas da sociedade, que acidentes acontecem, mas a negligência é inaceitável!!! A dor dos que perdem seus filhos e amigos fica. 

Por uma vida longa e SEM TRAUMA! 
Esta é a nossa missão!

Andrea, amigos do Michael e voluntários.